AFLOMAÇÃO - Associação Florestal do Concelho de Mação

1. Histórico

Naquela que é hoje, a área de intervenção da Aflomação – o CONCELHO DE MAÇÃO -, os incêndios florestais são um fenómeno recorrente, que consomem, anualmente, vastas áreas florestais. Em 2003, este fenómeno atingiu repercussões catastróficas, ao consumir uma área de 21.000 hectares de matos e floresta (equivalente a 1/2 da área do Concelho) e obrigou a uma profunda meditação sobre as suas causas e consequências. Dada a necessidade imperiosa de alterar este cenário, foram propostas em 2003 um conjunto de iniciativas que preconizavam importantes mudanças na forma de “fazer floresta” e que tinham como principal objectivo a promoção do ordenamento dos espaços florestais e a sua efectiva gestão, até então inexistente.
No entanto, a implementação deste conjunto de medidas que descrevem; no seu conjunto; um SISTEMA DE GESTÃO FLORESTAL SUSTENTÁVEL, apresentava fortes limitações sócio-culturais: a estrutura minifundiária da propriedade, o distanciamento entre os proprietários e a terra (na maioria dos casos caracterizado pelo abandono dos seu terrenos rústicos), a mentalidade individualista, o envelhecimento da população e a necessidade de conhecimento para a tomada de decisões conscientes.

2. Objectivos

Como forma de tentar ultrapassar estes condicionalismos, tentando estimular o associativismo entre os proprietários florestais e aproveitando as medidas financeiras disponíveis para o efeito, foi constituída a AFLOMAÇÃO, a 22 de Janeiro de 2004. O agrupamento de propriedades em unidades de gestão num Concelho retalhado em 80000 prédios agrícolas e florestais; disperso por mais de 15000 proprietários (dos quais 50% não residem no Concelho); é imprescindível.
Nesse sentido, a AFLOMAÇÃO iniciou a sua actividade a 1 de Outubro de 2004, tentando pôr em prática as propostas preconizadas em 2003 pelo Sistema de Gestão Florestal Sustentável, dividindo todo o Concelho em Unidades de Gestão que outrora denominadas Núcleos, foram cosubstanciadas posteriormente nas Zonas de Intervenção Florestal criadas pelo Decreto Lei n.º 127/2005 de 5 de Agosto, alterado pelo Decreto Lei n.º 15/2009 de 14 de Janeiro (rectificado pela Declaração de Rectificação n.º 10/2009 de 9 de Fevereiro). Pretende-se que as dezenas de milhar de pequenas propriedades florestais votadas ao abandono, pelo êxodo dos proprietários e recorrência dos incêndios, sejam agregadas em unidades de gestão florestal de área nunca inferior a 1000 ha. A Aflomação, através dos seus meios e capacidade técnica, pretende apoiar a gestão destas ZIF de forma efectiva e profissional, promovendo o desenvolvimento e ordenamento florestal do Concelho de Mação. Só assim será possível obter uma FLORESTA SEGURA, RENTÁVEL E GERIDA DE FORMA SUSTENTÁVEL.

 

 

3. Órgãos Sociais (Eleitos a: 29 de Janeiro de 2014)

 

   

4. Equipa Aflomação

 


 

Topo

Contactos

Morada: Rua do Adro, n.º 14 a 16

              6120 - 742 Mação

Telefone: 241 573 008 / 241 247 035  

Telemóvel: 934 870 292

Fax: 241 573 008

E-mail: aflomacao@gmail.com